Berra-me baixo! Desafio aceite

Enquanto profissional (psicóloga) sei que existem melhores formas de agir, falar, comportar-me e educar os meus filhos. A viagem pela maternidade ensina-me muitas coisas todos os dias e embora possa facilitar-me a teoria não vou para casa a pensar nela. Como qualquer pessoa tenho dias mais amargos, fico de mau-humor ou as coisas não estão a correr como previstas. Por vezes, há dias em que não tenho um pingo de paciência para as teimosias, birras, gritarias e afins dos meus pequenos. "Salta-me a tampa", descontrolo-me e falta-me a razão. Faço o que não devo, digo o que não quero e comporto-me mal. Sim, também eu faço birras! Por isso, nunca é demais aceitar bons desafios. Desafios que nos fazem sentir melhores, mais capazes e orgulhosas das relações com os nossos filhos. Desafios que ajudam a melhorar as relações, a optimizar um desenvolvimento saudável nas crianças e por isto tudo e muito mais eu fui mais uma mas mamãs que aderiu ao desafio que a Magda (aka Mum´s the boss) lançou. É o desafio Berra-me baixo e é tudo de bom! Ficar um mês sem gritar (e todos os outros) com o objectivo de melhorar as relações.


3 comentários:

  1. Realmente é um desafio fascinante e que está a dar frutos cá por casa. No entanto, a coisa no trabalho é mais complicada, pois são 24 e não 2!!!
    Torna-se difícil não levantar a voz mas estou a tentar e sinto que, mesmo no meio dos miúdos todos e das suas muitas traquinices, consigo controlar-me mais.Não é fácil mas é recompensador, faz-me sentir bem comigo e isso ajuda-me no relacionamento com os demais, uma coisas puxa a outra. :)
    Beijinho e bom desafio depois dou feedback, espero pelo seu???

    ResponderEliminar
  2. Também aderi hoje!! É um grande desafio, mas acredito que juntas vamos conseguir! E é bom perceber que não somos as únicas a quem salta a tampa! Bjs

    ResponderEliminar
  3. Pode não acreditar, mas eu nunca grito. O tom de voz muda mas gritar não grito.

    ResponderEliminar