Um Bom dia e uma fantástica semana!!!


5 comentários:

  1. Prometido é devido.
    Segue uma parte de um texto meu sobre o tema muito falado ontem acerca dos papeis de quem convive com as crianças. Penso que irá extactamente ao encontro falado por si Olga:

    "
    Feliz dia de Mãe

    Hoje é dia 5 de Maio comemora-se o dia da Mãe. Pessoa que deu à luz, acarinhou, amou, cuidou, protegeu e educou. Hoje pensei e se os verbos acarinhar, amar, proteger, educar e cuidar fossem adaptados a todas as pessoas, homens e mulheres que têm contacto com crianças?

    A diferença só coexistia no facto de não se ter dado a luz, viver uma gestão e saborear o crescimento contínuo de um ser. Hoje tenho a minha mãe, pessoa que me deu à luz, acarinhou, amou, protegeu, educou e cuidou. Sábia e mestra de vida que em conjunto com o meu pai constituiu uma família. São valores que ficam para serem passados à próxima geração – meus futuros filhos.

    (...)

    A minha vida foi premiada com duas crianças que com o olhar ternurento vêem-me como "mãe". Não a mãe que deu à luz. Mas a mãe que acarinha, ama, cuida, protege e educa. Hoje não é meu dia, mas aqui dentro já me foi presenteado muitas emoções maternais.

    A ti - mãe, que já deste à luz, acarinhas, amas, cuidas proteges e educas, um feliz dia! E a todas as pessoas, homens e mulheres que contactam com crianças."

    Vanessa Antunes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Vanessa!

      Gostei bastante e sim, não é preciso "dar à luz" para que se consiga desempenhar a função materna. Ser mãe ou pai é uma tarefa muito complexa. E olhe que tenho conhecimento de muitas mulheres que colocaram filhos no mundo mas, infelizmente (pelos mais variados motivos) nunca conseguiram desempenhar o papel materno.

      Beijinhos

      Eliminar
  2. Querida Olga, prometido é devido! Aqui fica uma parte de um texto escrito por mim no dia da Mãe e que vai de encontro ao que falámos ontem sobre o papel das pessoas que convivem ou tem contacto com os mais pequenos, espero que goste!


    Feliz dia de Mãe



    Hoje é dia 5 de Maio comemora-se o dia da Mãe. Pessoa que deu à luz, acarinhou, amou, cuidou, protegeu e educou. Hoje pensei e se os verbos acarinhar, amar, proteger, educar e cuidar fossem adaptados a todas as pessoas, homens e mulheres que têm contacto com crianças?

    A diferença só coexistia no facto de não se ter dado a luz, viver uma gestão e saborear o crescimento contínuo de um ser. Hoje tenho a minha mãe, pessoa que me deu à luz, acarinhou, amou, protegeu, educou e cuidou. Sábia e mestra de vida que em conjunto com o meu pai constituiu uma família. São valores que ficam para serem passados à próxima geração – meus futuros filhos.

    (...)

    A minha vida foi premiada com duas crianças que com o olhar ternurento vêem-me como mãe. Não a mãe que deu à luz. Mas a mãe que acarinha, ama, cuida, protege e educa. Hoje não é meu dia, mas aqui dentro já me foi presenteado muitas emoções maternais.

    A ti - mãe, que já deste à luz, acarinhas, amas, cuidas proteges e educas, um feliz dia da mãe! E a todas as pessoas, homens e mulheres que contactam com crianças.

    Vanessa Antunes

    ResponderEliminar
  3. É uma grande verdade! Infelizmente. Beijinhos e vamos mantendo contacto. Assim que tiver mais textos alusivos e projecto do blog preparado, envio novidades! :)

    ResponderEliminar
  4. É uma grande verdade! Infelizmente. Vamos mantendo contacto, assim que tiver outros textos ou o projecto do blog preparado partilho :) beijinhos

    ResponderEliminar