Pais nas férias. Qual o seu tipo?

Depois destes maravilhosos dias de muita praia e algumas idas à piscina com os pequenos, dei por mim a lembrar-me dos outros pais que também ali estavam e como se divertiam (ou não) com os filhos. Então, pensei em quatro "categorias" de pais que se revelam nas férias.
O desafio é assumirem em que categoria se encaixam. Pode ser em uma (ou mais) categorias. E aproveitem para ver se conhecem alguns pais que também cabem nas descrições abaixo. Uma pequena brincadeira (com alguma verdade, em alguns casos).

Tipo 1 - cão que ladra não morde
Na praia não pára de gritar com o seu filho mais velho para deixar de destruir os castelos das outras crianças. Também não pára de implorar ao mais pequeno para não ir ao mar. Mas atenção: para dar todas essas ordens, nunca se levanta da sua toalha e obriga todos a ouvirem os seus gritos a cada três minutos.
Não está habituado a ser pai ou mãe a tempo-inteiro e não sabe muito bem o que fazer com as crianças enlouquecidas na praia. E apesar dos berros, não faz nada de concreto para os pequenos obedecerem.
Frase típica: "Franciscooooooo..., pára de destruir o castelinho ou nunca mais vens à praia"
Conclusão: É do tipo que ameaça, mas nunca cumpre - porque isso lhe custaria o bronzeado

Tipo 2 - estou nem aí
Decidiu ir para praia, investiu num hotel top, com opções de diversão para as crianças e para si. E é exactamente isso que vai fazer. O seu filho vai passar o dia inteiro com os monitores, porque afinal eles estão lá para isso. Não quer saber de baldinhos, pazinhas ou brincadeiras na piscina. Nada disso. Tudo o que quer é dormir, comer e aproveitar todas as tardes com uma massagem relaxante no spa do hotel ou uma cerveja na beira da piscina. E, à noite, não me venham com brincadeiras ou gincanas com as crianças.
Frase típica: Luísa, vá lá brincar porque agora a mamã e o papá estão ocupados.
Conclusão: Filhos? Você quer é férias deles também, mesmo que eles estejam a poucos metros de distância.

Tipo 3 -  soltar a criança que há em mim
É praticamente um empreiteiro da areia e faz castelos e fortalezas incríveis. As crianças deliram com o seu entusiasmo. E não é só na areia. Na piscina, inventa concursos de saltos para a água e outras brincadeiras. Mas tanto entusiasmo tem um preço: deixa de lado o seu descanso e volta das férias ainda mais cansado.
Frase típica: Vamos cavar o maior buraco da praia, pessoal?
Conclusão: Mãe/pai que perdem horas na praia a brincar, mas esquecem-se de que uma horinha no spa também lhe fariam bem.

Tipo 4 -  ai senhor que não me aguento
É do tipo que entra em pânico. Sempre. Os seus filhos não se comportaram no avião. Deram uma trabalheira na hora de comer. Não querem dormir quando quer. Pânico! E para piorar, não sabe fazer castelos na areia. Não sabe encher as braçadeiras dos pequenos. Não sabe quanto tempo demora o leite da sua filha a aquecer. Mais pânico. Esteve sempre a dar ralhetes (e em pânico) e praticamente não aproveitou as partes deliciosas das férias com a pequenada.
Frase típica: Ai, que estou em pânico... (para outros pais).
Conclusão: Mãe/pai arrependidos de terem dado férias para a babá, mas que, quem sabe, podem ir aprendendo aos poucos as dores e delicias de ser pai e mãe.

Então, conseguem rever-se em algum? Vá lá, sem vergonhas! 

3 comentários:

  1. Efectivamente Tipo 3 _ conclusão: preciso de ferias das ferias lol

    ResponderEliminar
  2. O meu marido é um tipo 3 óbvio e claro, mas e não me revejo em nenhuma das categorias. E que tal a sempre mãe: aquela que coloca protector nos filhos e no marido, que leva a água fresca e que os ensina a olhar para as próprias sombras para saberem se são horas de estar na praia ou não. É a mãe que tem um marido tipo 3 e que tem de olhar para o relógio para irem para casa almoçar. É a mãe que às vezes faz o papel de chata, mas que também sabe dar bons mergulhos com os filhos, beijos salgados e fazer castelos de areia. É a mãe que quando o pai tipo 3 não está faz a vez dele para garantir que a criançada se diverte e que no final ainda compra bolas de Berlim para todos. É uma mãe que em tempos se deitava na areia a ler e a dormir e que agora está sempre alerta. E que com a maternidade descobriu que ir à praia cansa!! Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. vidasdanossavida, AMEI! Mais um tipo para acrescentar à nossa lista - tipo 5: a sempre mãe.
      Beijinhos grandes ;)

      Eliminar