Quando o telefone toca... e ficar muito feliz!

Estive agora mesmo ao telefone com uma pessoa que ainda não conheço pessoalmente, mas era como se conhecesse. E é certo que vou conhecer! Confesso que ficava mais tempo, havia converseta até ao fim do dia, e quem sabe, pela noite fora também. Eu sou daquelas que gosta de sentir a energia das pessoas (a voz também deixa passar a energia) e dá muito valor a isso. E se a energia é boa (muito boa neste caso), então é quase certo que vou querer investir na amizade dessa pessoa. Pode ser um delírio meu porque não sei o que sentiu quem estava no outro lado da linha, mas aposto, não querendo parecer arrogante ou convencida, que o sentimento é semelhante, ou assim o desejo tanto que o assumi como um sim. 
E depois do desabafo piegas, isto tudo é para dizer que vão haver novidades e muitas coisas boas e, para que está curiosa para saber de quem estou a falar, ora dêem um saltinho até ao cantinho da Filipa. Vá agora vão "viajar na maionese" e tentar descobrir o que para aí vem.

1 comentário:

  1. Ora bolas! Não tinha visto este teu post senão já cá teria vindo dizer-te que senti exactamente o mesmo! Acho que teremos sérios problemas em nos calarmos quando finalmente nos conhecermos! :-) obrigada pelas tuas palavras tão carinhosas!

    ResponderEliminar