O xixi na cama, os castigos e a falta de informação (e amor)


Uma criança de 7 anos que fez xixi na cama ficou exposta na rua, nua e ao lado do colchão molhado. Uma criança humilhada e a sentir um castigo que dói mais na alma do que no corpo. 

Sinto tristeza pela criança, mas sinto ainda mais pelos pais que não conseguiram descobrir, com a beleza da paternidade, o amor maior. Estes pais também tiveram pais, e esta criança possivelmente será pai um dia... Enfim, será  falta de informação ou simplesmente a falta de amor na vida das pessoas? Confesso que, por vezes, ainda me faltam palavras, perguntas e respostas para situações como estas. 

Uma criança de 7 anos que ainda faz xixi na cama ou usa fralda durante a noite não tem  necessariamente um problema ou não constituí motivos preocupações excessivas. A enurese noctura, ou seja, quando uma criança continua a fazer xixi inadequadamente, de uma maneira involuntária e inconsciente, numa idade em que o controlo dos esfincteres já deveria ser normal, não tem só uma causa. Existem vários factores que poderão estar implicitos: Genéticos, capacidade pequena da bexiga, sono "pesado", causas psicológicas, entre outros.


  • Causas genéticas - é um factor muito importante. Por exemplo, ambos os pais tiveram enurese quando crianças, a percentagem de filhos que a terá é superior a 75%. Se apenas só um deles teve a percentagem é de 40%. Se nenhum teve a percentagem é de 15%.
  • capacidade pequena da bexiga - acreditamos ser uma causa cada vez mais comum. Daí a preocupação na redução de líquidos durante o fim-do-dia/noite
  • sono "pesado" - a enurese ocorre numa fase de sono mais profundo, uma fase em que a criança não se apercebe da necessidade de fazer xixi.
  • causas psicológicas - sem falar dos casos em que em que há uma identificação de enurese transitória associada a traumas, stress emocionais e/ou ambientais, não existem dados que permitam afirmar que os factores psicológicos são apenas a causa de enurese. Às vezes até pode dar-se o contrário, em que o aparecimento de problemas psicológicos pode ser mais um efeito da enurese (como o problema é encarado em casa de maneira negativa) do que a sua causa.
  • outros factores - os maus hábitos de higiene, o treino inadequado dos hábitos (demasiado precoces ou demasiado tardios) ou atitudes agressivas, por parte dos pais e cuidadores, por a criança ter molhado a cama, poderão ser a causa do aparecimento ou prolongamento da situação.
  • doenças - em 5% dos casos e são curáveis e de tratamento fácil. No entanto deve-se proceder a uma identificação precoce para despistar doenças de maior gravidade. 
Falem com os profissionais de saúde!


Sem comentários:

Enviar um comentário