Sentir um prazer autêntico

Os verbos, relaxar, apreciar e aproveitar fazem-me falta na vida. Faz-me falta a tranquilidade de dias sem horas, sem planos, sem coisas para fazer ou acabar. Faz-me falta olhar para o mundo e absorver todos os detalhes que me enchem a alma (e o coração). O meu amor, os meus filhos, os meus amigos - minha família. Apurar os sentidos e querer a simplicidade de olhar um céu ou de sentir os pés nus no chão. Ver, ouvir e respirar os que amamos e desejar que o tempo pare só para ficar mais um bocadinho (ou dois) assim. Domingo esta foi a minha angústia, de um desejo que terminou sem que a minha sede dos verbos relaxar, apreciar e aproveitar fosse totalmente satisfeita. 





Há certos momentos que devem ser só nossos, porque por vezes precisamos de fechar os olhos e sentir um prazer autêntico - vou ali comer um Oikos Sensations (lima-limão o meu preferido) e recuar no tempo. 


Picnic a convite da Oikos Danone 
Mantas de pic-nic lindas armazém dos linhos
Fotografias  Pau Storch Photography

Grata à vida, ao dia e ao registo. Obrigada!


O REI VAI NU também está no FACEBOOK e INSTAGRAM

Sem comentários:

Enviar um comentário