MÃEEEEE TENHO MEDO!!!

Por volta dos 3 anos os medos são muito comuns. A imaginação está ao rubro e é frequente existirem explicações assustadoras, por parte dos pequenos, para aquilo que é desconhecido.


Aprender sobre os medos

O Mundo de uma criança pequena é cheio de coisas fascinantes para descobrir, mas também está repleto de cenários desconhecidos. O seu filho pode estar com medo do escuro, apenas porque ele não pode ver o que está à sua volta e, por isso, assume que algo ameaçador está à espreita, como o tão conhecido monstro. O medo é o que acontece no espaço entre o estar exposto a algo novo e entender como essa novidade funciona. 
Como as crianças têm dificuldade em distinguir a fantasia da realidade, um simples livro sobre dragões pode levar a uma preocupação de que monstros que cospem fogo estão dentro do armário ou debaixo da cama.


Identificar os sinais

Algumas crianças são capazes de dizer, "tenho medo disto" ou "eu não quero fazer aquilo", outras  ainda não são capazes de expressar os seus medos verbalmente. Em vez disso, as suas ansiedades podem manifestar-se como inquietação, mau humor e irritabilidade. Às vezes, o mal-estar pode aparecer sob forma de dores de cabeça ou dores de estômago. Se o seu filho se queixa constantemente ou apresenta algum tipo de desconforto, fale com o pediatra ou com os profissionais de saúde para avaliar e descartar alguma razão física. Se as dores acontecem ao mesmo tempo a cada dia ou em conexão com um evento específico, a ansiedade pode ser a causa.


Controlar o medo devagarinho

É tentador evitar os gatilhos de terror do seu pequeno, mas isso pode fazê-los parecerem ainda maiores. Em vez disso, procure ajudar o seu filho a acostumar-se com uma situação assustadora passo-a-passo. Por exemplo, o seu filho tem medo de pessoas mascaradas, deixe-o observar o palhaço ou o pai-natal a uma distância que se sinta confortável. Da mesma forma, se o seu filho tem medo do cão do vizinho, talvez ele possa observá-lo através de uma janela antes de se aproximar.


Brincar com os "monstros"

Abordagens lúdicas e brincar com a situação ajudam a reduzir ansiedades. Se o seu filho tem medo do escuro, ler histórias antes de dormir com uma lanterna ou comprar brinquedos que brilhem no escuro e elaborar uma caça ao tesouro são algumas ideias. Se o seu filho está preocupado com os monstros debaixo da cama, o "spray de monstros" é uma óptima ajuda, assim como, contar uma história em como os monstros se sentem muito tristes e sozinhos e que procuram amigos para brincar. O filme da pixar "Monstros e companhia" é super eficaz na resolução deste medo. 

Entretanto, lembrei-me deste episódio da Rua Sésamo. Adoro! É excelente para explicar aos pequenos que podemos converter os nossos medos em coisas engraçadas. Quem se lembra?



O REI VAI NU também está no FACEBOOK e INSTAGRAM

Sem comentários:

Enviar um comentário