PALAVRA DE ORDEM: ABRANDAR

Já estamos com 30 semanas de gestação e depois dos enjoos e vómitos compulsivos passarem eis que posso gozar em pleno da gravidez. E quem me conhece sabe o quanto eu gosto de estar grávida. Só que desta vez, não está a ser bem como nas anteriores. 
Doem-me os ossos como nunca. Se me doem senhores. Se me sento, aiiii... se me levanto ui... se estou deitada ui, ai, ui... faço um esforço para não ter aquele "andar à pinguim" mas lá está, doem-me muito os ossos e a anca teima em balançar.
Faço a minha vidinha e toda uma logística doméstica e familiar com mais duas crianças de 4 e 7 anos que requerem a atenção de qualquer criança da mesma idade. Para além disso vivemos num terceiro andar sem elevador, pelo que subir e descer escadas é uma constante. Nas últimas semanas fiz viagens longas e tenho tido muitas contracções, algumas com dor. 
Ontem foi dia de ir à obstetra e aproveitei para me queixar. Resultado: o baby não está a gostar muito deste lufa lufa e, quase como que em tom de ameaça, através destes sintomas, pede que a mãe acalme. Seja feita a vontade do meu pequenino que eu não quero que venha antes do tempo. Por isso a palavra de ordem é ABRANDAR. 



O REI VAI NU também está no FACEBOOK e INSTAGRAM


1 comentário:

  1. Um grande beijinho, Olga.
    Tudo a correr bem, brandamente acalmando!
    <3

    ResponderEliminar