ANTÓNIO - O OBEDIENTE

Já estou a perder o rolhão mucoso desde a semana passada. A obstetra, depois de me examinar, disse que o parto estava iminente.  
"Pedi" ao meu António para que aguentasse cá dentro, pelo menos, mais uma semana para tratar de tudo o que me faltava - preparar o quarto, a roupa, a mala de maternidade (que só foi feita hoje), a sessão fotográfica e conseguir ir ao babyshower que as amigas organizaram. 
Confesso que nesta gravidez deixei tudo para o fim. Não sei se por ser o relaxamento de uma terceira gravidez ou se pela perseguição constante deste pensamento de última gravidez aliado a uma angústia de não querer abandonar esta minha condição física que tanto adoro. Sim, muito provavelmente, ambas.
Se tenho curiosidade em conhecer este meu menino? Claro que sim! mas a simbiose que vivo por o ter cá, por ser só meu, por o não partilhar e só eu o sentir (chamem-me egoísta) satisfaz e apazigua esse interesse físico que, verdade seja dita, já está para muito breve. 
Sinto as velhacas das hormonas a prepararem-se para o tal blues puerperal. Juro que as sinto! Algumas já se manifestam com a irritabilidade e o choro fácil. 
O António tem sido um doce. Um bonzinho. Lá se aguentou e fez-me as vontades todas. Já não posso "exigir" mais. Que a partir de agora seja feita a sua vontade.



O REI VAI NU também está no FACEBOOK e INSTAGRAM

6 comentários:

  1. Esse bolo está lindo�� pode dizer onde encomendou?
    Bjs e que tudo corra bem

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isabel
      Não encomendei. As amigas é que trataram de tudo :) mas, se não me falha a memória (coisa típica da gravidez) acho que a responsabilidade do bolo foi da Carolina Henke do Café da Fábrica que fica no Lx Factory
      Bjs e obrigada!

      Eliminar
  2. Olga, que corra tudo pelo melhor!
    E que o António venha cheio de saúde.
    Um grande beijinho*

    ResponderEliminar